Arquivo/AE
Arquivo/AE

Hugo Hoyama minimiza idade e exalta sua 6ª Olimpíada

Sem pensar em medalhas, o mesa-tenista de 43 anos já encara feito como um pódio antecipado

AE, Agência Estado

27 de julho de 2012 | 16h10

LONDRES - Maior representante do Brasil no tênis de mesa, Hugo Hoyama disputará em Londres sua sexta Olimpíada da carreira, a partir deste sábado. Sem pensar em futuros adversários e chances de medalha, o brasileiro encara o feito, igualado apenas por Rodrigo Pessoa e Torben Grael, como um pódio antecipado.

"Mais do que uma vitória pessoal, esse recorde mostra para outros atletas brasileiros que não há idade para começar ou terminar a carreira", afirma o mesa-tenista de 43 anos, que guarda boas lembranças dos cinco Jogos anteriores.

"Em todas elas, tive bons momentos e conheci várias pessoas e lugares diferentes". Sua melhor performance aconteceu em Atlanta/1996, quando terminou a disputa de simples na nona colocação.

A marca de seis olimpíadas era recorde exclusivo de Torben Grael até esta edição, quando Rodrigo Pessoa e Hoyama igualaram o feito. O cavaleiro será o porta-bandeira da delegação brasileira na cerimônia de abertura dos Jogos de Londres.

Com estreia já neste sábado, Hoyama não participará da festividade de abertura. Sua campanha em Londres terá início às 15 horas (de Brasília), contra o polonês Zengyi Wang.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.