Luiz Roberto Magalhães/Portal 2016
Luiz Roberto Magalhães/Portal 2016

Hugo Parisi bate recorde pessoal e ganha ouro no Chile

Atleta mostra superioridade diante dos rivais e não teve a conquista ameaçada neste domingo

Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

16 de março de 2014 | 16h40

SANTIAGO - Com 489,95 pontos na plataforma 10 metros, Hugo Parisi bateu o seu recorde pessoal nos saltos ornamentais e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos, em Santiago, no Chile. O atleta mostrou superioridade diante dos rivais e não teve a conquista ameaçada neste domingo. Os colombianos Juan Guillermo Lopera (436,40) e Victor Hugo Serna (426,10) completaram o pódio, enquanto o brasileiro Rui Marinho terminou apenas na quinta posição.

"Estou bastante feliz com o resultado e por conseguir um título desse para o Brasil. Meus adversários não são fracos, a gente vê pelo nível da pontuação de todo mundo. Mostra que o nível da América do Sul está subindo", afirmou.

Apesar do ótimo resultado, Hugo, que ficou fora do Mundial do ano passado por doping, mostra exigência e avalia que ainda precisa melhorar alguns aspectos de sua apresentação. "O último salto não é o mesmo da minha série. O resultado é a soma de todos saltos e no final bati o meu recorde, mas a gente sempre tem o que reclamar", disse.

Mais cedo, as mulheres do Brasil não conseguiram ter o mesmo bom desempenho do masculino. No trampolim 3 metros, Juliana Veloso e Milena Sae foram superadas pela venezuelana Maria Florencia Betancourt e por duas colombianas, Diana Isabel Zuleta e Carolina Urrea, e acabaram em quarto e quinto lugar, respectivamente.

Assim, a modalidade encerra sua participação nos Jogos com duas medalhas de ouro, de Parisi e de César Castro, que foi campeão no trampolim 3 metros e subiu ao lugar mais alto do pódio no sábado. A prova feminina da plataforma foi cancelada pelo baixo número de inscritas. Pelo mesmo motivo as provas sincronizadas não entraram no programa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.