Hugo Pessanha é prata no Grand Prix de judô de Miami

Judoca não atuava há um ano por conta de uma lesão no joelho

AE, Agência Estado

16 de junho de 2013 | 21h43

MIAMI - O Brasil faturou mais quatro medalhas no Grand Prix de judô de Miami neste domingo e encerrou a competição com oito no total. Mesmo sem nenhum ouro - foram três pratas e cinco bronzes -, a equipe deixou a competição com saldo positivo. O principal destaque foi Hugo Pessanha, que ficou na segunda colocação na categoria até 100 quilos após cerca de um ano sem atuar, por conta de um problema no joelho direito.

Em seu retorno à seleção, o judoca passou pelo norte-americano Ajax Tadehara, o cubano Jose Armenteros e o mexicano Sergio Garcia antes de chegar à semifinal, na qual derrotou o mexicano Sergio Garcia. A sequência de vitórias do brasileiro terminou na decisão, com a derrota para o russo Zafar Makhmadov, o que lhe rendeu a medalha de prata.

Mas não foi só Pessanha que deixou Miami com uma medalha no peito. Neste domingo, Mauro Moura, Rafael Buzacarini (-100kg) e Walter Santos (+100kg) conquistaram o bronze. No sábado, o Brasil já havia subido ao pódio em quatro oportunidades, com Nathália Brigida (-48kg) e Eric Takabatake (-60kg), que ficaram com a prata, além de Breno Alves (-60kg) e Luiz Revite (-66kg), que buscaram o bronze.

Tudo o que sabemos sobre:
judôGrand PrixHugo Pessanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.