Húngaro vence e acaba com domínio italiano na esgrima

Aron Szilagyi venceu no sabre individual o italiano Diego Occhiuzzi por 15 a 8

AE, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 18h12

O húngaro Aron Szilagyi impediu neste domingo a continuidade da hegemonia italiana na disputa da esgrima na Olimpíada de Londres. Ele venceu no sabre individual, evitando que a Itália conquistasse o ouro também nesta prova.

No sábado, quando começou a disputa da esgrima nos Jogos de Londres, a Itália fez pódio completo no florete individual feminino, com ouro para Elisa Di Francisca, prata para Arianna Errigo e bronze para Valentina Vezzali.

Na decisão do sabre, neste domingo, o húngaro Aron Szilagyi venceu o italiano Diego Occhiuzzi por 15 a 8. Assim, a Itália somou mais uma prata na esgrima. Enquanto isso, o bronze foi para o russo Nikolay Kovalev.

O curioso é que a final deste domingo foi uma repetição da disputa do ouro do sabre na última edição da Olimpíada em Londres, em 1948. Na ocasião, o húngaro Aladar Gerevich bateu o italiano Vincenzo Pinton na decisão.

Para o Brasil, o dia foi ruim na esgrima. Principal esgrimista brasileiro, Renzo Agresta foi eliminado já na sua estreia do sabre, ao perder neste domingo para o alemão Benedikt Wagner pelo placar de 15 a 6.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.