Hypolito se diz ansioso para voltar a competir no Ibirapuera

Nove anos depois Diego Hypolito voltará a competir no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. E o bicampeão mundial no solo não esconde a ansiedade de disputar a etapa de São Paulo da Copa do Mundo diante da torcida brasileira, entre esta sexta-feira e domingo.

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2015 | 14h13

"O brasileiro é um povo que torce diferente e a ginástica é um esporte para a plateia, é bonito de se ver. Gosto de estar em casa, com a família por perto, os amigos, os patrocinadores, a televisão e todos que gostam da gente e nos prestigiam. Além disso, é muito gostoso conquistar um resultado positivo em casa", afirma o ginasta.

As chances de título, no entanto, não são mais as mesmas. Em 2006, Hypolito faturou a medalha de ouro. Ele era o número 1 do solo, vindo do título mundial de 2005. No ano seguinte, seria vice e, em 2007, voltaria a se sagrar campeão mundial.

Desta vez, Hypolito não entra na competição como favorito. Mas tem chances de medalha. "É importante estarmos bem para retribuirmos tudo o que recebemos da torcida. Eles passam um calor muito bom para nós", diz o ginasta de 28 anos.

Ele encara a disputa da etapa de São Paulo como um bom teste para os Jogos Olímpicos do Rio. "A Copa do Mundo será uma espécie de simulação do que viveremos nos Jogos Olímpicos de 2016", projeta o atleta, que convoca a torcida brasileira para o fim de semana. "Eu adoro poder ver o ginásio cheio e é isso o que esperamos encontrar aqui."

Tudo o que sabemos sobre:
ginásticaCopa do MundoDiego Hypolito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.