IAAF investiga exames de Sotomayor

A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) quer saber por que as amostras de urina do cubano Javier Sotomayor, maior atleta de todos os tempos no salto em altura, colhidas em julho, em Tenerife, para controle antidoping, apresentaram resultados diferentes. O exame da primeira amostra apontou doping por nandrolona, um esteróide anabolizante. Na segunda, a quantidade da substância foi 50% menor. ?Ele não pode ser acusado de doping?, disse Giorgio Reineri, porta-voz da IAAF. ?Por enquanto, não há certeza de nada.? Em Havana, Sotomayor evitou comentar o assunto.

Agencia Estado,

26 Novembro 2001 | 19h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.