Divulgação
Divulgação

IAAF reformula Diamond League e dará US$ 50 mil para cada campeão

Associação anuncia mudanças para tornar o circuito mais atrativo para o público

Estadão Conteúdo

07 de dezembro de 2016 | 14h10

A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) anunciou nesta quarta-feira uma medida importante para tornar a Diamond League, seu principal circuito de competições, mais atrativo para o público. A partir do ano que vem, a 'Liga Diamante' terá finais, sempre no fim da temporada.

O modelo consagrado da competição dá pontos para os atletas a partir dos resultados deles nos eventos da temporada. Quem mais soma pontos em determinada prova durante o ano ganha o desejado anel de diamante. Esse formato, porém, mina a competitividade em provas com domínio de um determinado atleta.

No ano que vem, os pontos serão distribuídos nas 12 primeiras etapas, em que cada prova será disputada seis vezes. Os oito primeiros colocados terão direito a participar de um dos dois eventos finais, em Zurique (Suíça), em 24 de agosto, e em Bruxelas (Bélgica), dia 1.º de setembro.

Nessas duas etapas serão disputadas as 32 finais, com o campeão de cada prova recebendo US$ 50 mil. O segundo colocado ganhará US$ 20 mil e o terceiro ficará com US$ 10 mil. A ideia é reunir a elite da modalidade nestas duas etapas. No total, serão distribuídos US$ 3,2 milhões em prêmios.

Tudo o que sabemos sobre:
Diamond LeagueSuíçaBruxelasBélgica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.