IAAF revela que sete países se candidataram a receber eventos retirados da Rússia

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira que sete cidades se candidataram a sediar os dois eventos que estavam marcados para serem realizados na Rússia no ano que vem, mas que terão seus locais alterados após o país ser suspenso por um escândalo de doping.

Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2015 | 14h10

Em um comunicado, a IAAF explicou que o Mundial Júnior (Sub-20) de Atletismo, que seria disputado na cidade de Kazan, tem três interessadas em sediá-lo: Perth, na Austrália, Bydogoszcz, na Polônia, e uma cidade indiana ainda a ser confirmada.

O Mundial por Equipes de Marcha Atlética, programado para ser realizado em Cheboksary, tem quatro interessadas. As candidatas são Roma, na Itália, Kiev, na Ucrânia, Monterrey, no México e Guayaquil, no Equador.

Os países anfitriões dos dois eventos serão anunciados em 7 de janeiro pela IAAF. Em função da suspensão da Rússia, a entidade precisa realizar um processo acelerado para definição das sedes, que vão ser escolhidas através de votação dos membros do Comitê Executivo da IAAF.

"Considerando a velocidade necessária do processo, a manifestação formal do interesse no processo de escolha de sete federações de cinco regiões continentais evidencia claramente que os eventos têm apelo", afirmou o presidente da IAAF, Sebastian Coe.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoIAAFeventosRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.