Ian Thorpe é declarado inocente de acusação de doping

Órgão responsável pelo controle antidoping na Austrália diz não ver indícios de uso de substâncias proibidas

Efe,

31 de agosto de 2007 | 10h46

O campeão olímpico e recordista mundial de natação Ian Thorpe foi declarado inocente de usar substâncias proibidas, segundo informou a Autoridade Australiana de Luta contra as Drogas no Esporte (Asada). "A evidência à nossa disposição não indicou o uso de substâncias para melhorar o rendimento físico por parte de Ian Thorpe", destaca o comunicado da entidade, que arquivou o caso. "O ex-nadador não tem que responder a nenhum caso judicial". Em março, o jornal francês L'Equipe informou que um exame antidoping de Thorpe, que já tinha se retirado das competições, revelou níveis anormais de duas substâncias proibidas. O ganhador de cinco medalhas de ouro olímpicas dominou o mundo da natação durante oito anos, batendo recordes e acumulando títulos olímpicos e mundiais, antes de anunciar sua aposentadoria, em 21 de novembro de 2006. Thorpe é o atleta australiano com maior número de medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000 e Atenas 2004. Atualmente, ele se dedica a suas empresas e a documentários para a televisão.

Tudo o que sabemos sobre:
Ian Thorpedoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.