Iatismo ganha mais 2 vagas para Atenas

Um vice-campeonato mundial e a conquista de mais duas vagas para os Jogos Olímpicos de Atenas foram o saldo do Brasil no Campeonato Mundial de Vela, encerrado nesta quarta-feira em Cádiz, na Espanha ? o País participou da disputa de dez classes olímpicas, com 33 velejadores. Foi por pouco, mas Robert Scheidt, o melhor brasileiro em Cádiz, não conseguiu superar o português Gustavo Lima nesta quarta, na regata decisiva da Laser ? chegou em 17º e ficou um ponto atrás de Lima, que chegou em terceiro, na classificação geral, com 28 pontos perdidos diante de 27 do português ? e viu adiado o sonho do heptacampeonato. Já Lima conquistou um título inédito. Para Scheidt, Lima mereceu o título. ?Deu tudo certo para ele e qualquer velejador com a média de pontos que o Gustavo obteve tem de ser o campeão. Mas estou velejando bem e fiz uma ótima temporada em 2003. Vou levantar a cabeça e seguir em frente.? Nesta quarta, Scheidt largou bem, mas acabou ficando muito no meio da raia. Ainda conseguiu recuperar posições. ?Não foi o suficiente, porque o vento acabou no fim da regata.? Dos outros brasileiros na Laser, André Streppel foi o 24º lugar, com Bruno Fontes em 50º, Mateus Tavares em 59º e Leonardo Back em 130º. Em Cádiz, o Brasil garantiu presença em Atenas na Mistral feminina, com o 53º lugar de Carol Borges, e na 470 masculina, com o 16º lugar da dupla Alexandre Paradeda e Bernardo Arndt. Antes do Mundial, o País já havia garantido vaga nas classes 49er, Star, Laser e Mistral masculina. Os brasileiros em Atenas serão definidos em duas competições, marcadas para fevereiro e março de 2004, em Búzios. Os outros brasileiros: Star: Torben Grael e Marcelo Ferreira em 32º; Alessandro Pascolato e Ronald Seifert em 54º. Tornado: Alexandre Leal e Gualberto Naldi em 68º; Ronaldo Fernandes e Fernando Lima em 69º. 470 masculina: Bruno Bethlem e Fernando Sesto em 53º; Brun Lucas e Tinoco Pedro em 89º. 470 feminina: Fernanda Oliveira e Fabiana Scarrone em 41º; Mariana Basílio e Isabel Swan em 54º. Europa: Roberta Borges em 70º; Paola Sass em 112º. Finn: João Signorini em 15º. 49er: André Otto Fonseca e Rodrigo Linck em 9º. Mistral masculino: Ricardo Winicki em 18º.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.