Iatismo: Tornado tenta vaga em abril

A luta por vaga olímpica na classe Tornado levará os iatistas Maurício Santa Cruz e João Carlos Jordão para a Argentina. Vão treinar com a dupla número 2 do ranking, Santiago Lange e Carlos Espínola, para o Mundial de Mallorca (ESP), em abril, última chance de o País obter uma das três vagas que serão disputadas por 13 nações.Já no Rio, João Signorini e Bruno Prada terão no Mundial da Classe Finn, já classificada para Atenas, um treino de luxo para a seletiva nacional, que indicará o representante brasileiro na Olimpíada - os 20 primeiros do ranking participam da disputa, a partir de domingo, no Iate Clube do Rio, numa prévia do que poderá ser a luta pela medalha de ouro olímpica. Serão dez regatas, com um descarte, entre os dias 15 e 19.Para João Signorini, o Joca, que há dois anos trocou a Laser pela Finn (é o 20.º do ranking), é muito bom velejar contra os melhores do mundo, em casa. "Será um torneio bem disputado, com vários candidatos ao título." Joca se prepara para o Pré-Olímpico de Búzios, a partir do dia 28, a seletiva brasileira para Atenas. Bruno Prada, bronze no Pan de Winnipeg (1999), vê no Mundial um excelente treino para a seletiva. "Caiu do céu."Entre os destaques do Mundial estão o inglês Ben Ainslie, atual campeão olímpico da Laser e bicampeão mundial da Finn, o polonês Mateusz Kuszniererewicz e o belga Sebastien Godefroid, ouro e prata em Atlanta (96), respectivamente, além do italiano Luca Devoti, prata em Sydney (2000).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.