Iatista brasileiro suspenso por doping

O iatista brasileiro Felipe Pereira Meira foi suspenso das competições por dois anos, por resultado positivo em controle antidoping, realizado durante o Campeonato Europeu da Classe Europa, em Vilamoura, Portugal, em junho de 2001. A informação, divulgada hoje pela Federação Internacional de Iatismo, é de que no exame de Felipe foi detectada a presença do esteróide anabolizante nandrolona, substância proibida usada para aumento da massa muscular.

Agencia Estado,

13 Março 2002 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.