Ibrahimovic prega respeito aos brasileiros

Maior nome da equipe sueca, artilheiro diz que o País tem jogadores de talento para formar até três seleções

ESTOCOLMO, O Estado de S.Paulo

15 de agosto de 2012 | 03h07

Zlatan Ibrahimovic, a maior estrela do futebol sueco, corre algum risco de não jogar contra o Brasil por causa de uma lesão no pé direito sofrida no sábado, quando seu novo clube, o Paris Saint-Germain, estreou no Campeonato Francês com empate com o Lorient. Como o problema não é grave, no entanto, ele deverá estar em campo (ao menos por alguns minutos) para tentar ajudar a Suécia a cumprir a missão de derrotar a seleção.

O atacante, que tem no currículo passagens brilhantes por Juventus, Internazionale e Milan e uma não tão especial pelo Barcelona, disse ontem que a seleção brasileira é tão talentosa que é capaz de se impor em qualquer situação.

"Todo mundo conhece o time do Brasil, que é formado por jogadores maravilhosos", comentou Ibrahimovic. "Os brasileiros gostam de jogar futebol, estão sempre motivados para jogar. E há tantos jogadores bons no Brasil que eles precisam jogar bem, pois a concorrência é muito grande. O Brasil é capaz de formar três grandes equipes."

Há um jogador da seleção que Ibrahimovic conhece muito bem, e do qual é fã incondicional: Thiago Silva, seu companheiro no Milan e agora no PSG.

"Joguei com grandes zagueiros, como Cannavaro, Thuram, Piqué e Puyol, e enfrentei outros muito bons também, mas Thiago está acima deles todos."

Ibrahimovic revelou ontem que não conhece muito bem Lucas, nova contratação do PSG, que pagou R$ 112 milhões por seu futebol. Mas deixou claro que espera muito do garoto revelado pelo São Paulo.

"Não sei muito sobre ele, mas sei que ele foi muito caro. Você não custa esse dinheiro todo se não for bom jogador." / M.S.A.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.