Ídolo da Colômbia fala em bater o Brasil

Ele é colombiano, mas como joga no River Plate aprendeu e assumiu para si a rivalidade de argentinos e brasileiros. É com esse espírito portenho, sobretudo, que Radamel Falcão Garcia entrará em campo contra a seleção de Dunga domingo. ''''El Tigre'''', apelido batizado ainda nas categorias de base, está convencido de que a Colômbia poderá começar as Eliminatórias da Copa da África do Sul com o pé direito. ''''Sim, a Colômbia pode derrotar o Brasil na estréia das Eliminatórias.''''Garcia é conhecido no Brasil, principalmente no Rio. Foram dele os três gols que eliminaram o Botafogo da Copa Sul-Americana na derrota para o River Plate. Os botafoguenses não se esquecerão tão cedo desse jogador. Foi ele quem causou a demissão do técnico Cuca - de volta ao cargo após três rodadas no Brasileiro. Os gols daquela partida fizeram de ''''El Tigre'''' um herói em Nuñez e atacante certo na Colômbia do técnico Jorge Luiz Pinto.Sua confiança, porém, tem tamanho. Ele reconhece a força do Brasil e o talento de jogadores como Ronaldinho Gaúcho e Kaká, embora não se ajoelhe diante deles. ''''Digo que estou no melhor momento de minha carreira e quero muito jogar esta partida. Nunca havia feito três gols numa mesma partida como fiz diante do Botafogo. Jogo com alegria e muita confiança.''''Radanel Falcão Garcia, atleta de Cristo, faz parte do renovado elenco colombiano do técnico Jorge Luiz Pinto. Como Dunga no Brasil, Pinto assumiu a Colômbia para reformular o time e sua proposta de jogar.

Robson Morelli, O Estadao de S.Paulo

12 de outubro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.