Illbruck pode deixar America?s Cup

O sindicato alemão Illbruck decidiu abandonar os preparativos para disputar, em 2003, a America?s Cup, principal competição de vela do planeta, por falta de patrocínio. A entidade, com o veleiro Illbruck, está na liderança da regata de volta ao mundo Volvo Ocean Race, que começou em setembro de 2001 e deve ir até o dia 9 de junho de 2002. Segundo um porta-voz do sindicato, a única esperança de o Illbruck ter o primeiro barco alemão a participar da tradicional competição de 151 anos é encontrar recursos nos próximos dias. "Ainda estamos conversando com vários patrocinadores em potencial. Precisamos de uma quantia entre US$ 13,1 milhões e US$ 15,7 milhões para continuar a construir o barco, em Bremen, um trabalho que deve consumir mais um mês." "Apesar de nossos esforços, não conseguimos encontrar recursos suficientes para a campanha de 2003", disse o chefe do sindicato, Michael Illbruck, hoje, ao anunciar a decisão de paralisar os trabalhos. O grupo, que tem sede em Leverkusen, perto de Colônia, planejava participar dos quatro meses de eliminatórias para a 31.ª edição da America?s Cup, que começam em outubro. Empresas alemãs têm demonstrado interesse na America?s Cup. A BMW, por exemplo, deve apoiar o norte-americano Oracle, enquanto a SAP AG, que fabrica programas para computadores, vai patrocinar o New Zealand, atual campeão.

Agencia Estado,

13 Março 2002 | 19h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.