Impeachment de Horcades ganha força

A oposição homologou ontem o pedido de impeachment do presidente do Fluminense, Roberto Horcades. Os opositores à atual diretoria criticam o aumento da dívida do clube, que passou de R$ 280 milhões para R$ 320 milhões. Agora, o presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Henrique Mariz, terá até 30 dias para convocar reunião extraordinária. É preciso que 151 dos 300 conselheiros estejam presentes à reunião para que o assunto seja apreciado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.