Imprensa italiana rejeita encenação de Dida

Para jornalistas, o goleiro brasileiro simulou ter se machucado na agressão de torcedor

O Estadao de S.Paulo

05 de outubro de 2007 | 00h00

Dida é a polêmica da vez na Itália. A imprensa do país acusa o goleiro brasileiro de ter encenado contusão, depois que um torcedor escocês entrou em campo e passou a mão em seu rosto no finzinho do jogo em que o Milan foi derrotado pelo Celtic por 2 a 1, anteontem, em Glasgow. Dida ameaçou correr atrás do agressor, mas caiu e saiu de campo de maca.Jornais como o Corriere dello Sport, La Repubblica e Il Messaggero criticaram Dida, ao escreverem que a cena foi fingimento e farsa. Um dos maiores jornais esportivos da Europa, La Gazzetta dello Sport, estampou a manchete ''''Didastro'''', unindo Dida e a palavra desastre (disastro) em italiano.''''A aparente encenação de Dida é a última tristeza de um Milan que volta a afundar'''', afirmou a publicação, que tem sede central em Milão, em um dos comentários a respeito da partida. No torneio europeu te 3 pontos em dois jogos e no Campeonato Italiano ocupa apenas a 11ª posição com 7 pontos.RESPOSTA ESCOCESAO Celtic agiu rápido e diz que já identificou e puniu o torcedor que invadiu o campo. Segundo nota oficial, ele está impedido de assistir aos jogos do clube.''''O indivíduo foi banido de ir a qualquer jogo do time pelo resto de sua vida'''', disse o gerente geral do Celtic, Peter Lawwell.O torcedor que causou toda a polêmica tem 27 anos, foi localizado em uma estação de trem, mas seu nome não foi divulgado. E vai pagar caro por extravasar de forma excêntica aeuforia após o gol de McDonald que garantiu a vitória.O vice-presidente Milan, Adriano Galliani, afirmou que o clube não apresentará queixa. ''''Esperamos que a Uefa (União Européia de Futebol) faça o que considerar mais oportuno, mas a disposição do Milan é clara: não entraremos com recurso'''', afirmou. ''''Nosso goleiro foi agredido e isto não é bom.''''A Uefa deve punir o Celtic, como é praxe em situações semelhantes, mas também vai analisar se houve simulação de Dida. Nesse caso, também sofrerá sanção. Dida está confirmado no clássico de domingo com a Lazio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.