Infantino anuncia viagem à Rússia e ao Catar na próxima semana

Em meio às investigações quanto ao processo de escolha das futuras sedes da Copa do Mundo, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, anunciou nesta sexta-feira que fará uma viagem nos próximos dias à Rússia e ao Catar, que receberão os Mundiais de 2018 e 2022, respectivamente.

Estadão Conteúdo

15 de abril de 2016 | 17h20

Serão apenas três dias nesta segunda viagem internacional de Infantino desde sua chegada ao cargo - a primeira foi para a América do Sul, no final do mês passado. O novo presidente da Fifa vai desembarcar em solo russo no dia 19, terça-feira. Em Moscou, ele vai visitar o estádio Luzhniki, que vai receber a abertura e a final da Copa de 2018. Além disso, o dirigente terá reuniões com membros do Comitê Organizador Local do Mundial.

Na noite do dia 20, Infantino vai embarcar rumo à Doha. No Catar, alvo de seguidas denúncias de infrações de leis trabalhistas nas obras de estádios e infraestrutura, o presidente da Fifa se reunirá com integrantes da organização local e membros do governo.

Infantino fará sua primeira visita às futuras sedes dos Mundiais como presidente da Fifa em meio às investigações de corrupção no processo de escolhe dos dois países para receber as duas Copas do Mundo. A apuração está a cargo do Ministério Público da Suíça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.