Inglaterra perde patrocinador após fracasso na Copa

A seleção da Inglaterra perdeu nesta terça-feira um de seus patrocinadores, o banco Nationwide, que não renovou seu contrato com a FA (Footbal Association), entidade que dirige a equipe nacional.

AE, Agência Estado

20 de julho de 2010 | 17h29

"Estamos reposicionando nossas prioridades de marketing", explicou o banco, por meio de comunicado. "Agradecemos à FA e desejamos a ela e à seleção da Inglaterra o melhor no futuro."

O acordo do banco com a FA era de 15 milhões de libras (R$ 40,2 milhões), e, segundo a imprensa inglesa, não foi renovado por causa da decepcionante campanha da Inglaterra na Copa do Mundo de 2010.

A equipe de Fabio Capello chegou à África do Sul como uma das favoritas ao título, mas, depois de uma primeira fase medíocre, em que empatou dois jogos e venceu apenas um, foi eliminada pela Alemanha nas oitavas de final com uma goleada por 4 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolInglaterra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.