Andrew Couldridge/Reuters
Andrew Couldridge/Reuters

Inglaterra vai permitir presença de até 4 mil torcedores em eventos esportivos

Determinação vale a partir do dia 2 de dezembro, em decisão tomada pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson

Redação, Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2020 | 15h55

A Inglaterra vai permitir a presença de até 4 mil torcedores em eventos esportivos a partir do dia 2 de dezembro, quando se encerra o bloqueio total imposto no país para reduzir o risco de disseminação do coronavírus. A decisão foi tomada pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

Os torcedores poderão retornar aos estádios esportivos apenas em algumas regiões da Inglaterra. Um máximo de 4 mil fãs será inicialmente permitido em jogos ao ar livre, em áreas com as menores taxas de infecção de covid-19 e, portanto, baixo risco de contágio.

Nas áreas cujas restrições são maiores, até 2 mil pessoas serão liberadas para assistir a eventos esportivos em locais abertos, e mil em ambientes fechados. As áreas de maior risco de infecção por coronavírus vão permanecer com os estádios e ginásios fechados.

A Premier League, responsável pela organização do Campeonato Inglês, planejava fazer jogos-teste com presença de público em setembro, antes do começo da temporada 2020/2021, mas desistiu da ideia pela liberação ter sido restrita a mil torcedores diante do novo pico dos casos de covid-19 na Inglaterra.

No entanto, a partir de dezembro, alguns estádios voltarão a receber torcedores em partidas do Campeonato Inglês. Serão determinadas regras rígidas para minimizar o risco de contágio nas arenas. O uso de máscara será obrigatório e o distanciamento social terá de ser respeitado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.