Ingleses são os que mais faturam na Europa

Os clubes europeus que mais faturam com patrocínios em suas camisas estão na Inglaterra. É o que indica levantamento recente da consultoria Sport+Markt, com base nos contratos para a temporada 2010/2011 feitos por equipes que disputam campeonatos de Primeira Divisão no continente. Os 20 integrantes da Premier League recebem, juntos, 128 milhões (cerca de R$ 300,2 milhões) contra 118,5 milhões (R$ 278 milhões) das 18 agremiações participantes da Bundesliga.

Almir Leite, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2010 | 00h00

Até a temporada anterior, eram os times da Alemanha os campeões de ganhos com patrocínio e publicidade. A tomada da dianteira por parte dos ingleses deve-se, em boa parte, aos contratos fechados pelos tradicionais Manchester United e Liverpool. Cada um dos clubes amealha 23,6 milhões (R$ 55,4 milhões) com os parceiros que colocam os nomes em seus uniformes, de acordo com o estudo da consultoria.

Os italianos, terceiros colocados no ranking elaborado pela empresa, faturam bem menos que seus rivais de Inglaterra e Alemanha. As agremiações do país da Bota recebem 65,9 milhões (R$ 154,6 milhões). Os franceses vêm a seguir, com 58,8 milhões (R$ 137,9 milhões), superando os clubes da atual campeã mundial, a Espanha.

Os patrocínios de camisa põem na conta dos espanhóis "apenas"" 57,5 milhões (R$ 134,8 milhões). Desse montante, 23 milhões (R$ 53,9 milhões) entram nos cofres do poderoso Real Madrid.

Vale ressaltar que o Barcelona não tem patrocinador em sua camisa - ao contrário, paga 1,5 milhão (R$ 3,51 milhões) para fazer promoção do Unicef em sua vestimenta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.