Ingleses vencem regata e ficam perto do título mundial

Os velejadores ingleses Iain Percy e Andrew Simpson ficaram um pouco mais perto da conquista do título do Campeonato Mundial de Star, que está sendo disputado no Rio, com a vitória da quarta regata, de 10,5 milhas náuticas, disputada nesta terça-feira e marcada pelo aumento da velocidade dos ventos durante a prova, que começou com 6 nós e terminou com rajadas de 12 nós.

AE, Agencia Estado

19 de janeiro de 2010 | 19h04

Com o resultado, elas lideram a disputa com 16 pontos perdidos em quatro regatas. Ainda serão disputadas duas provas e os competidores irão descartar o pior resultado da competição para a classificação final.

"Bem que eu queria estar com o título nas mãos, mas ainda faltam duas regatas", disse Percy, que revelou a sua estratégia para os próximos dias. "Nós não precisamos mais brigar por vitórias. Só precisamos ficar entre os dez para garantir o nosso objetivo."

Os brasileiros Alan Adler e Guilherme de Almeida estão na segunda colocação na classificação geral, mas terminaram em 13º lugar a regata desta terça-feira. Com isso, ele estão com 35 pontos perdidos.

Os norte-americanos Rick Merriman e Phil Trinter ficaram em segundo lugar na regata, seguidos pelos brasileiros André Mirsky e Marcelo Jordão. Ele terminaram duas posições à frente de Robert Scheidt e Bruno Prada. Torben Grael e Marcelo Ferreira completaram a regata em sétimo, com Lars Grael e Ronald Seifert em décimo lugar.

Além de Alan Adler e Guilherme de Almeida, o Brasil tem outras duas duplas entre os dez primeiros colocados na classificação geral. Torben Grael e Marcelo Ferreira estão em nono lugar e Andr Mirsky é e Marcelo Jordão ocupam a décima colocação.

Tudo o que sabemos sobre:
velaMundial de Star

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.