Guadalupe Pardo/Reuters
Guadalupe Pardo/Reuters

Ingressos para o Pan de Lima terão preços populares para o torcedor

Entradas para as competições esportivas partem de R$ 24, sem contar o desconto de 50% para jovens, idosos e pessoas com deficiência

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2019 | 06h34

O Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos, que serão disputados entre 26 de julho e 11 de agosto em Lima, no Peru, vai iniciar a venda de ingressos para a competição dia 27 de maio. A fim de atrair um bom público para as disputas, a intenção foi colocar à disposição entradas a preços populares para muitas sessões esportivas.

Para se ter uma ideia, os valores partem de cerca de R$ 24 para as fases preliminares e é possível adquirir bilhetes por esse preço para alguns setores para as cerimônias de abertura e encerramento, que serão realizadas no Estádio Nacional de Lima. Já a fase final de algumas modalidades terá o preço das entradas partindo de R$ 36.

Além disso, haverá um desconto de 50% para jovens menores de 18 anos, idosos e pessoas com deficiência. Já para o ParaPan, o preço dos ingressos parte de R$ 12. Os bilhetes para essa competição, que será realizada entre 23 de agosto e 1.º de setembro, começam a ser vendidos somente em 4 de julho.

Os organizadores pretendem promover as modalidades esportivas no Peru e ter ginásios lotados para as principais competições. “Se olharmos para o Pan e ParaPan apenas como um espetáculo, o investimento realizado vai representar um gasto. Mas, se olharmos como um legado, será um investimento no futuro. É isso que miramos”, explicou Carlos Neuhaus, diretor executivo de Lima-2019.

A estimativa dos organizadores é que a competição atraia cerca de 175 mil turistas para o Peru e que o evento tenha um alcance de 400 milhões de pessoas no mundo todo por causa das transmissões televisivas. Até por isso, ter locais de provas com boa presença de público é fundamental ao torneio.

O Pan terá a participação de 41 países da América e contará com 6.680 atletas. Das 62 disciplinas esportivas, 23 serão classificatórias para os Jogos Olímpicos de Tóquio. O Brasil terá uma delegação de 492 atletas em Lima e tem como objetivo classificar o maior número de competidores para 2020, no evento no Japão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.