Inter estreia em casa com força máxima

Dorival Júnior vai contar com a maioria dos titulares para escalar o Internacional, hoje, diante do Juan Aurich, do Peru, no Beira-Rio, na estreia do time gaúcho na Libertadores. Dagoberto, que só jogou apenas 11 minutos no empate em 2 a 2 contra o Once Caldas, está escalado.

O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2012 | 03h07

O lateral-direito Nei, que se recupera de uma artroscopia no joelho, é a única baixa. Ele deixa seu lugar para Élton ou Bolatti.

A expectativa do treinador e dos jogadores é usar o fator local para pressionar o Juan Aurich, marcando o time peruano em seu próprio campo para forçá-lo ao erro e recuperar a bola ainda no ataque, pelo menos durante o primeiro tempo. "Queremos ter uma equipe forte, competitiva e determinada. Especialmente como no jogo com o Once Caldas. Com marcação forte, sempre agressiva. Tentando neutralizar suas melhores peças", disse Dorival Júnior.

Estreia sofrida. O Fluminense superou o primeiro obstáculo na Libertadores. A vitória por 1 a 0 sobre o Arsenal (ARG), terça-feira, no Engenhão, com um gol de Fred aos 2 minutos, foi construída com boa dose de sofrimento, outra porção de sorte e muito nervosismo, com três expulsões. O Flu gora tem um mês para pensar no jogo com o Boca Juniors, em La Bombonera, no dia 7 de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.