Inter mostra seu poder ao Milan

Tetracampeã nacional humilha principal rival no clássico ao fazer 4 a 0, com show e gols brasileiros

, O Estadao de S.Paulo

29 de agosto de 2009 | 00h00

No duelo dos brasileiros no Estádio San Siro, ontem, em Milão, no primeiro clássico do Campeonato Italiano desta temporada, brilharam os jogadores da Internazionale, que goleou o Milan por 4 a 0, iniciando, na segunda rodada e de forma excepcional, sua marcha rumo ao pentacampeonato. Thiago Motta e Maicon marcaram, além do argentino Diego Milito, cobrando pênalti, na etapa inicial. Stankovic, com um chute no ângulo de fora da área, fechou o placar no segundo tempo.O resultado serviu também para a Inter se reabilitar da decepcionante estreia diante do Bari (1 a 1) e, ao mesmo tempo, para deixar o técnico Leonardo em situação pouco confortável diante do chefão do Milan, Silvio Berlusconi, que mandou o treinador colocar Ronaldinho Gaúcho mais perto do gol.Mas, quando teve a chance para marcar, o atleta brasileiro ficou devendo. À frente do goleiro Julio Cesar, chutou para fora, quando metade do estádio já se levantava para gritar gol - ele preferiu correr para o árbitro e reclamar de uma falta na área. A partir daí , Ronaldinho passou a ser vaiado pelos torcedores e foi substituído no segundo tempo pelo holandês Huntelaar, que, pelo menos, deu dois chutes a gol.Se Ronaldinho Gaúcho estava mais preocupado em falar e gesticular para as câmeras, os outros brasileiros (incluindo o zagueiro Lúcio, que também apareceu na área adversária para tentar marcar o seu) estavam mais interessados em jogar. Em lance semelhante ao da jogada de Ronaldinho, Thiago Motta bateu certo no canto alto direito do goleiro: Inter 1 a 0. Pouco depois, em pênalti de Gattuso em Maicon, Milito cobrou e marcou. E, para completar no primeiro tempo, depois da justa expulsão de Gattuso, Maicon, em partida com ótima atuação, ampliou depois de receber passe de Milito.No segundo tempo a Inter massacrou o adversário, chutando a gol de todas as distâncias. Além de ter um gol anulado (Eto?o estava impedido), o time criou outras chances, algumas salvas pelo goleiro Storari, que teve boa atuação e impediu um placar mais elástico. Ele só na pegou um ?petardo? de Stankovic, que entrou no seu ângulo esquerdo, no segundo tempo. Outros brasileiros do Milan, o zagueiro Thiago Silva e o atacante Alexandre Pato, tiveram atuação discreta.Também ontem, na abertura da segunda rodada, Bari e Bologna ficaram no 0 a 0. Hoje, Genoa, Sampdoria, Palermo e Lazio têm a chance de alcançar a ponta, já que a Inter está com quatro pontos na liderança provisória. Estas quatro equipes começaram o campeonato ganhando. O Genoa visita a Atalanta, enquanto a Sampdoria, o outro time de Gênova, recebe a Udinese. A Fiorentina joga em casa, contra o Palermo, e a Lazio vai a Verona enfrentar o Chievo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.