Inter: mudanças na véspera da viagem para Abu Dabi

Imprevistos atrapalharam o ambiente do Internacional ontem, na véspera do embarque para Abu Dabi, onde estreia no Mundial de Clubes na terça-feira. Primeiro, Glaydson teve de ser retirado da delegação que tenta o segundo título colorado na competição. O volante não conseguiu se recuperar de lesão na panturrilha e dará lugar ao jovem atacante Eduardo Sasha. Depois, a Fifa não aceitou a inscrição de Rodrigo. Segundo a entidade, o zagueiro defenderia a quarta equipe na mesma temporada, o que não é permitido. A diretoria do clube gaúcho tenta colocar Sorondo, que estava em vias de ser dispensado, no torneio.

Lucas Azevedo, O Estado de S.Paulo

08 de dezembro de 2010 | 00h00

O técnico Celso Roth aproveitou o último treino em Porto Alegre antes do Mundial para testar os dois tipos de esquema que pode utilizar em Abu Dabi, Há a hipótese de jogar com dois atacantes ou com apenas um isolado, no mesmo sistema de jogo que levou a equipe ao título da Taça Libertadores.

Porto Alegre já está em clima de Mundial. Ontem, 30 mil torcedores foram ao Beira-Rio para a despedida dos jogadores e ver a projeção do filme "Absoluto", documentário sobre a conquista do bicampeonato da Libertadores. O time embarca ao meio-dia e a viagem para Abu Dabi deve durar 16 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.