Inter só empata com lanterna no Equador

Equipe joga mal, não sai do 0 a 0 com o eliminado Emelec e tem de vencer o Deportivo Quito para se classificar

, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2010 | 00h00

GUAYAQUIL

O Internacional pouco fez na noite de ontem para deixar bem encaminhada sua classificação para as oitavas de final da Taça Libertadores. Em Guayaquil, o time do técnico uruguaio Jorge Fossati apenas empatou sem gols com o Emelec, lanterna do Grupo 5 e já eliminado. Com isso, a equipe se complicou e agora só uma vitória serve no último jogo pela primeira fase.

A igualdade no Equador deixou o Inter com 9 pontos, 1 a menos que o líder Deportivo Quito. No próximo dia 22, a equipe enfrenta o time equatoriano no Beira-Rio em um confronto direto pela vaga. Na mesma data, o Cerro, terceiro colocado, com 7 pontos, recebe o Emelec.

O primeiro tempo foi equilibrado, com um pouco mais de volume por parte do Emelec. Surpreendente a fraca atuação do Inter, que precisava da vitória para retomar a liderança da chave.

Na etapa final, os brasileiros voltaram mais dispostos a desfazer o jogo "amarrado". O time chegou com mais perigo e criou boas chances. Aos 47, Andrezinho bateu da entrada da área e não deu a vitória ao Inter por centímetros, já que a bola explodiu no travessão e caiu sobre a linha.

"Acredito que o Inter vá se classificar, mas para isso temos de vencer o Deportivo Quito", declarou o goleiro Abbondanzieri, que fez boas defesas. " Mas está claro que a equipe deve evoluir."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.