Divulgação CBHb
Divulgação CBHb

Interino define lista da seleção feminina de handebol para o Pan

Brasil fechou preparação com vitória sobre Portugal em amistoso por 38 a 25

Estadão Conteúdo

13 de junho de 2017 | 22h06

Após encerrar sua preparação com uma vitória sobre Portugal por 38 a 25, em amistoso realizado em São Bernardo do Campo nesta terça-feira, o técnico interino da seleção brasileira feminina de handebol, Sérgio Graciano, definiu as 16 jogadoras que vão defender o Brasil no Campeonato Pan-Americano da modalidade, em Buenos Aires, na Argentina, entre os dias 18 a 25 deste mês.

O País será representado pelas goleiras Babi e Jéssica; as armadoras Amanda, Bruna, Deonise, Duda e Patrícia; as centrais Ana Paula, Dani Joia e Mayara; as pontas Dayane, Jéssica Quintino, Mariana Costa e Samira; e as pivôs Tamires Anselmo Costa e Tamires Morena de Araújo. A capitã será Babi. A delegação viaja neste sábado para a capital argentina.

"Nesse primeiro momento, temos que arrumar nosso setor defensivo, fazer com que menos bolas sejam arremessadas pelos adversários e exijam tanto das nossas goleiras. Fizemos as escolhas em função disso. Mas lembramos que nenhuma está fora do processo para próximas convocações. Queremos dar o máximo de oportunidade a mais meninas para que possamos ter uma Seleção Brasileira forte já neste ano e, principalmente, em Tóquio-2020", destacou Sérgio Graciano.

O treinador - que está no cargo de forma interina até agosto, quando o espanhol Jorge Dueñas assumirá o comando - avaliou as principais características da equipe que vai disputar o Pan-Americano em Buenos Aires na próxima semana. A competição continental dá três vagas para o Campeonato Mundial, que será na Alemanha, em dezembro.

"Ficou um grupo bem aguerrido, com características defensivas bastante boas e que continua com uma transição rápida da defesa para o ataque. Temos uma Seleção bacana de se trabalhar, com jogadoras dedicadas. O trabalho está evoluindo, estamos conseguindo implantar algumas novidades na defesa, o que demanda muito treino. Mas as meninas são muito rápidas no raciocínio, inteligentes, e estão absorvendo muito bem", afirmou o técnico interino.

Confira a convocação da seleção brasileira feminina de handebol:

Goleiras - Bárbara Arenhart (Vaci NKSE/Hungria) e Jéssica Silva de Oliveira (São Bernardo-SP)

Armadoras - Amanda de Souza Caetano (Abluhand/FURB-SC), Bruna de Paula (Fleury Loiret Handball/França), Deonise Fachinello (Odense/Dinamarca), Eduarda Amorim (Gyor Audi ETO/Hungria) e Patrícia Batista da Silva (Kastamonu Genclik SK/Turquia)

Centrais - Ana Paula Rodrigues Belo (Rostov/Rússia), Danielle Cristina Joia (Pinheiros-SP) e Mayara Fier de Moura (Pinheiros-SP)

Pontas - Dayane Pires da Rocha (São Bernardo-SP), Jéssica Quintino (Odense/Dinamarca), Mariana Costa (Nykobing HandboldKub/Dinamarca) e Samira Rocha (Kisvarda Master Good SE/Macedônia)

Pivôs - Tamires Anselmo Costa (Pinheiros-SP) e Tamires Morena de Araújo (CDB Cercle Dijon Bourgogne/França)

Tudo o que sabemos sobre:
handebolBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.