José Patrício/AE
José Patrício/AE

Interino diz que Santos só sabe jogar no ataque

Mesmo reconhecendo a boa fase do São Paulo, Martelotte afirma que time vai procurar o gol

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

16 de outubro de 2010 | 00h00

Alex Sandro no lugar de Léo, poupado por causa de edema no músculo do pescoço, é a única mudança do Santos para o quinto clássico contra o São Paulo na temporada, amanhã às 18h30, no Morumbi. Mesmo reconhecendo que o adversário atravessa melhor momento do que nas quatro vezes em que foi derrotado no ano, o técnico interino Marcelo Martelotte antecipou que vai manter o esquema, com seu time jogando no ataque.

"Pelo novo desenho da nossa equipe, até poderíamos nos fechar para contra-atacar em velocidade, mas a nossa principal característica é tomar a iniciativa e procurar atacar sempre", explicou Martelotte. "Dificilmente vamos ver o Santos esperamos pela iniciativa do adversário."

O argumento do técnico é que, mesmo jogando com dois volantes de marcação - Roberto Brum e Arouca -, o time se tornou mais defensivo. "Foi desse jeito que ganhamos por 3 a 0 do Fluminense no Rio e por 2 a 0 do Atlético-PR. A vitória só por 1 a 0 pode ter dado a impressão de que tivemos preocupação de nos defender mais diante do Inter, mas não é verdade. Poderíamos ter marcado pelo menos mais dois gols", destacou o interino.

Martelotte prevê um jogo equilibrado em razão de as duas equipes se conhecerem bem e não demonstra preocupação em razão da postura ofensiva adotada pelo São Paulo depois da chegada de Paulo César Carpegiani.

Enquanto os jogadores podem considerar o São Paulo o freguês da temporada entre os grandes paulistas, para Martelotte a partida de amanhã será a última oportunidade de ganhar um clássico. Nos dois que comandou o time, perdeu na estreia para o Corinthians (3 a 2) e empatou com o Palmeiras (1 a 1), ambos na Vila Belmiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.