Internet expande fama de Falcão

Fãs abastecem rede mundial de computadores com vídeos em que craque exibe habilidade em lances de efeito

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

25 de outubro de 2008 | 00h00

Falcão foi um dos grandes responsáveis pelo título do Mundial de Futsal, reconquistado pelo Brasil, há uma semana, depois de 12 anos de jejum. Além de ter sido escolhido o melhor jogador do campeonato, marcou 15 gols e ficou na vice-artilharia. No Youtube, site de exibição de vídeos, se o internauta utilizar os termos de busca "Falcão" e "futsal", vai encontrar as suas melhores jogadas na competição, inclusive os gols. Estes e outros tantos marcados em toda a sua carreira. São mais de 600 ocorrências. Todas com as jogadas mais bonitas do ala da seleção brasileira."Há muitos vídeos meus ligados a Ronaldinho Gaúcho, Cristiano Ronaldo, Robinho", conta o melhor jogador de futsal do planeta. Não faltam mesmo lances de habilidade incomparável, de fazer inveja aos milionários astros do futebol de campo.Falcão não perde a oportunidade de assistir quando pode. "Tem muitos momentos especiais ali que, às vezes, nós, jogadores, não temos guardado", explica. "Faz falta pra gente ter este arquivo e a internet nos dá esta facilidade."O próprio jogador faz uma eleição dos gols mais geniais. "Gosto muito de um gol que fiz contra Portugal em 2003", lembra. "Dei uma lambreta no goleiro. Foi a primeira vez que fiz o lance." Depois, Falcão repetiu a dose contra a Tailândia (vitória por 9 a 1), em pleno Mundial de 2004. "Na final da Liga deste ano (6 a 2 sobre a Ulbra) também fiz um gol de bicicleta quase da minha área." Um mais bonito que o outro.A impressionante lambreta - também conhecida como carretilha, lance em que o jogador dá um lençol no adversário depois de levantar a bola com os calcanhares - é a marca registrada do ala da seleção. "A torcida adora", fala, como se alguém ousasse sentir-se desagradado por lance tão belo. "No futsal, ninguém mais faz e virou uma marca mesmo."Marca que, com a facilidade da internet, ultrapassou as fronteiras do Brasil e ficou famosa em todo o planeta. "Hoje o mundo todo conhece cada vez mais o Falcão por causa disto (da internet)", afirma. "Até na Malásia, onde fui jogar no início do ano, o público reconheceu minhas jogadas, aplaudiu, gritou."Os próprios jogadores sabem quando o ídolo pega na bola pela euforia no ginásio. "É impressionante", surpreende-se. "Nos vídeos da internet também dá para perceber isso. Quando eu pego na bola, todo mundo se levanta. Quando eu solto, todo mundo senta."Boa parte da popularidade de Falcão é atribuída por ele próprio aos fãs. São eles que põem o material na internet. "Encontrei um fã em Campinas que tinha todos os meus lances desde que comecei a jogar. Tudo editado", diz. "Ele me deu três DVDs de uma hora e meia cada. Quase cinco horas de jogadas minhas realmente é uma coisa maravilhosa!"É para deleite de seus fãs que Falcão dá canetas, bicicletas, lambretas. E agora completou o serviço com o título mundial que faltava. "Me sinto completamente recompensado."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.