Werther Santana/AE - 4/1/2011
Werther Santana/AE - 4/1/2011

Intocável, Lucas vale um Ganso e um Neymar

Novo contrato do meia com o São Paulo prevê multa de 80 milhões de euros. Carpegiani diz que jovem é titular absoluto do time

BRUNO DEIRO, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2011 | 00h00

SÃO PAULO - O São Paulo achou em Lucas seu garoto prodígio. Nesta quarta-feira, o clube oficializou a extensão do contrato por dois anos, até 2015, com multa recorde no futebol nacional, de 80 milhões (R$ 181 mi) - além de aumentar seu salário de R$ 12 mil para R$ 110 mil. Com isso, o meia de 18 anos se torna quase tão valorizado quanto os santistas Neymar (35 milhões de euros, ou R$ 79 mi) e Ganso (50 mi de euros, ou R$ 112 mi) somados.

De imediato, o técnico Paulo César Carpegiani garantiu o posto de titular ao jovem, que voltou ao Morumbi com status de intocável depois de ter brilhado na seleção brasileira sub-20. "Uma coisa eu posso dizer: o time tem o Rogério (Ceni) e o Lucas garantidos. Tenho de achar lugar para os outros", afirmou o treinador, ainda em Campina Grande, depois de bater o Treze (3 a 0) pela Copa dos Brasil. "Desde que cheguei, ele (Lucas) foi efetivado. É um dos poucos diferenciados no futebol do País, tem aquela quebra de ritmo e a aceleração, o que é raro."

Apesar da empolgação, Carpegiani evitou jogar nas costas de uma promessa de 18 anos a responsabilidade de retomar o caminho de títulos. "Ele não é o salvador do São Paulo. Mas é um jogador indiscutível no elenco."

Além de Lucas, outros jovens da seleção sub-20 ganharão chance. O atacante Willian José, titular do Brasil na maioria dos jogos e autor de três gols, aguarda documentação e o zagueiro Bruno Uvini, capitão do time no Peru, se recupera de lesão. Já o atacante Henrique e o volante Casemiro não entraram na Paraíba por opção do técnico.

Rivaldo perde espaço. Com as atenções voltadas para Lucas, Rivaldo, vinte anos mais velho, corre risco de ir para a reserva. Recuperando-se de lesão na coxa, terá de brigar por lugar no ataque - Carpegiani deve manter o esquema com três zagueiros e admitiu que pode tirar alguém de frente. Dagoberto e Fernandinho, os outros candidatos a sair, vivem boa fase. "Dependendo do adversário, posso até fazer um revezamento", afirmou Carpegiani.

Outro veterano em baixa é Marcelinho Paraíba, que pode ir para o Sport. "Ele queria conversar comigo, estou esperando. Talvez esta conversa ocorra amanhã (sexta). Não privo ninguém, se tiver proposta muito boa", disse Carpegiani, que em seguida se corrigiu, em tom de brincadeira. "Mas, claro, se fosse com o Lucas, teríamos de rever isto."

Veja também:

linkSão Paulo renova com o jovem Lucas, que passa a valer R$ 180 mi

linkLucas quer atuar com Rivaldo no São Paulo, mas técnico faz mistério

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.