Irlandês vence e Froome segue em 1º na Volta da França

O irlandês Daniel Martin venceu neste domingo a nona etapa da Volta da França, realizada entre Saint-Girons e Bagneres-de-Bigorre, mas o britânico Chris Froome conservou a camiseta amarela, utilizada pelo líder na classificação geral da principal prova de ciclismo do mundo.

AE-AP, Agência Estado

07 de julho de 2013 | 12h53

Nesta segunda etapa nos Pirineus, Martin superou a concorrência do dinamarquês Jakob Fuglsang, que ficou na segunda colocação, e concluiu os 165 quilômetros em 4 horas, 43 minutos e 3 segundos. Assim, conquistou a sua primeira vitória em uma etapa da Volta da França.

Froome, um dos favoritos a vencer esta edição da Volta da França, terminou a etapa deste domingo 20 segundos após o vencedor, na 14ª colocação. Com isso, o britânico conservou a liderança desta edição da prova, com um tempo total de 36 horas, 59 minutos e 18 segundos.

Assim, Froome, que resistiu aos ataques dos seus adversários, tem uma vantagem de 1 minuto e 25 segundos para o espanhol Alejandro Valverde, que ocupa o segundo lugar, e de 1 minuto e 44 segundos para o holandês Bauke Mollemam que está na terceira colocação.

O espanhol Alberto Contador ocupa o sexto lugar, com uma desvantagem de 1 minuto e 51 segundos, enquanto Andy Schleck, de Luxemburgo, é o 14º, 4 minutos atrás do líder. O australiano Cadel Evans está na 16ª colocação, a 4 minutos e 36 segundos de Froome.

Único representante do Brasil na Volta da França, Murilo Fischer subiu para a 137ª colocação na classificação geral, 1 hora, 32 minutos e 49 segundos atrás do líder, após terminar a etapa deste domingo em 69º lugar, com um desvantagem de 20 minutos e 26 segundos.

Esta segunda-feira será de descanso para os competidores. A Volta da França prossegye na terça-feira, com a realização da décima etapa, plana, entre Saint-Gildas-des-Bois e Saint-Malo, com um percurso de 197 quilômetros. A principal prova do ciclismo mundial será encerrada no dia 21 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.