Irmão de Paulo César de Oliveira é o árbitro do primeiro jogo da final

A diretoria do Palmeiras comemorou o sorteio do árbitro Luiz Flávio de Oliveira para o jogo contra a Ponte Preta, no domingo, em Campinas, pela final do Campeonato Paulista. Luis Flávio é irmão de Paulo César, que validou o gol com a mão marcado pelo são-paulino Adriano no dia 13, pela semifinal do Estadual, no MorumbiOs palmeirenses acreditam que Luiz Flávio entrará pressionado e com grande tendência a "limpar a imagem" do irmão. Em caso de lance duvidoso, ele decidirá para o Palmeiras. Não vai querer caracterizar uma perseguição da família Oliveira ao clube do Parque Antártica.Essa será a primeira final de Paulista que apitará - será sua partida mais importante. "Acredito que ele esteja preparado psicologicamente para a responsabilidade. Não tenho o menor medo de vê-lo apitando essa partida. Luiz Flávio é um grande árbitro que está mostrando seu valor agora. Fez um ótimo Campeonato Paulista. Vai apitar bem", afirmou Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF. "O que aconteceu com o Paulo César de Oliveira não tem nada a ver com ele", acrescentou o dirigente. Para "preservá-lo", Marinho proibiu o árbitro de dar entrevista antes do primeiro duelo da final. Paulo César, bastante criticado pelos palmeirenses, está fora também da escala da última partida no Palestra Itália, marcada para o dia 4 - ele trabalhará, domingo, na final do Mineiro (Cruzeiro x Atlético, no Mineirão). Wilson Seneme é nome certo no sorteio para o último jogo do Paulista. Há grande torcida da própria FPF para que ele seja o sorteado. A Comissão de Arbitragem considera que Seneme foi, de longe, o melhor juiz da competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.