Irmãs Williams fogem da agitação e focam na busca do ouro em

Venus e Serena Williams optaram pelo conforto de um hotel de Wimbledon no lugar da vila dos atletas e podem perder a cerimônia de abertura da Olimpíada, mas ainda assim puderam absorver a atmosfera olímpica de Londres nesta terça-feira.

STEVE KEATING, Reuters

24 de julho de 2012 | 17h48

Pouco depois de chegarem à capital inglesa com suas colegas da equipe dos Estados Unidos, as irmãs tiveram um gostinho do trânsito caótico pré-Jogos, atrasando-se para sua coletiva de imprensa.

Serena, ainda saboreando seu quinto título de simples em Wimbledon, logo deixou claro que não estava em Londres por outra coisa que não medalhas.

Se a vencedora de 14 Grand Slams conquistar o ouro feminino, ela se tornará a única tenista a vencer os 4 Grand Slams, além de ouros em simples e duplas.

"É empolgante estar de volta tão cedo, normalmente temos que esperar um ano para retornar à quadra central", disse Serena.

Desde que voltaram a se unir no Jogos de 1988 após uma separação de 64 anos, o tênis e a Olimpíada nem sempre foram uma dupla harmoniosa, e muitos tenistas davam preferência a uma vitória em um Grand Slam em lugar de uma medalha de ouro.

O torneio olímpico de Londres será disputado nos gramados do All England Club, onde o torneio de Wimbledon é disputado.

"Crescendo como tenista, você sempre sonha em vencer Grand Slams e se sair bem em torneios como Wimbledon", disse Venus, que defenderá o título de duplas com a irmã.

"Ter a oportunidade de conquistar uma medalha de ouro e ser mencionada entre os grandes atletas é uma honra."

Entre si, Serena e Venus já arrebataram 10 títulos de simples na grama londrina, além de cinco troféus de duplas, o mais recente três semanas atrás.

A dupla nunca perdeu em uma Olimpíada, levando o ouro em 2000 e 2008, e Venus também tem um ouro em simples em Sydney.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPTENISWILLIAMS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.