Isadora Williams será porta-bandeira do Brasil em Sochi

Após fazer história ao ser a primeira brasileira a competir na patinação artística nos Jogos de Inverno, Isadora Williams viverá nova sensação inédita neste domingo em Sochi. A patinadora, de apenas 18 anos, foi a escolhida para ser a porta-bandeira da delegação do Brasil na cerimônia de encerramento da Olimpíada de Sochi, marcada para este domingo, às 13h15 (horário de Brasília), no Estádio Fisht.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 11h21

"Esta é a maior honra que eu poderia receber. Estou muito orgulhosa de ser escolhida para carregar a bandeira do meu país e para representá-lo na frente do mundo todo. Eu nunca poderia imaginar na minha vida ser porta-bandeira em uma edição de Jogos Olímpicos", disse Isadora.

A jovem atleta afirmou encarar como um grande incentivo para a sua carreira a oportunidade de ser a porta-bandeira do Brasil. "Esse é um incentivo muito grande para que eu continue patinando. Eu quero ver mais meninas brasileiras patinando e acho que posso incentivá-las também", completou.

"Isadora representa a nova geração de atletas de esportes de inverno do Brasil. Em Sochi, ela esbanjou simpatia, charme e carisma, conquistando a todos, não só aos integrantes da delegação brasileira. O público russo ficou encantado com ela e aplaudiu muito a apresentação no Palácio Iceberg", disse o chefe da missão brasileira em Sochi, Stefano Arnhold.

Ele explicou a opção feita por Isadora como uma aposta no futuro dos esportes na neve no Brasil. "A escolha de Isadora para porta-bandeira do Brasil representa as conquistas que estão por vir em Jogos de Inverno e motiva novos atletas para que busquem o esporte como exercício do respeito e da excelência", completou Stefano.

Isadora é filha de mãe brasileira e pai norte-americano, tendo nascido dos Estados Unidos. Com dupla cidadania, ela começou a defender o Brasil em 2009. Em Sochi, na última quarta-feira, ela terminou a disputa da patinação artística em último lugar entre 30 competidoras. Agora, ela terá a honra de carregar a bandeira do Brasil no encerramento da Olimpíada de Inverno - na abertura, Jaqueline Mourão foi a porta-bandeira do País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.