Fábio Canhete/CBCa
Fábio Canhete/CBCa

Isaquias Queiroz é campeão no Mundial de canoagem velocidade e chega ao 7º ouro

Quatro vezes medalhista olímpico, brasileiro faz tempo de 1min54s49 e vence prova do C1 500m com tranquilidade

Redação, Estadão Conteúdo

06 de agosto de 2022 | 14h59

Isaquias Queiroz disputou a prova C1 500m neste sábado, em prova válida pelo Mundial de canoagem e paracanoagem, realizado em Halifax, no Canadá e conquistou a medalha de ouro com autoridade. O brasileiro fez o tempo de 1min54s49 e chegou 13ª medalha em Mundiais deixando o romeno Catalin Chirila em segundo lugar.

Isaquias liderou a prova desde a largada e não deu chance de reação para o atleta romeno. O terceiro lugar ficou com o Tcheco Martin Fuksa. Neste domingo, o brasileiro tem chance de aumentar a sua coleção de medalhas, já que vai competir na final da prova C1 1.000. Nessa categoria, ele arrebatou a medalha de ouro nos Jogos de Tóquio 2020.

"Estou muito feliz por estar aqui, depois de Tóquio, e conquistando mais uma medalha. Meu foco agora é Paris-2024", falou o atleta. Mas Isaquias não foi o único brasileiro a comemorar boas performances neste sábado. Nas finais paralímpicas, Fernando Rufino e Igor Tofalini disputaram o primeiro lugar no pódio na prova do VL2 200m. Igor acabou ficando com o ouro ao fazer o tempo de 51s67. O bronze ficou com o português Norberto Mourão.

A lista de brasileiros em finais paralímpicas teve ainda Adriana Azevedo, que entrou na briga por medalha no KL1 200m. Ela ficou em sétimo lugar. O ouro ficou com a ucraniana Maryna Mazhula. Giovane Paula acabou em sétimo na final da prova do VL3 200m que teve como vencedor, Jack Eyers, da Inglaterra.

Tudo o que sabemos sobre:
canoagemIsaquias Queiroz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.