Kirsty Wigglesworth/AP
Kirsty Wigglesworth/AP

Isaquias Queiroz larga mal e fica em sexto lugar no C1 1000m na etapa de Racice

No sábado, brasileiro conquistou a medalha de prata no c1 500m da Copa do Mundo de canoagem

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2022 | 09h20

Isaquias Queiroz voltou às águas para a final do c1 1000m neste domingo e ficou fora no pódio, na sexta colocação, um dia após conquistar a medalha de prata no c1 500m da Copa do Mundo de canoagem. A etapa acontece em Racice, na República Checa, e terminou com vitória do dono da casa Martin Fuksa, que também havia vencido os 500m no sábado.

Diferente do sábado, Isaquias não conseguiu largar bem na prova e fechou a primeira parcial na oitava posição. Ele acabou em sexto, com tempo de 3min51s16. O polonês Wiktor Glazunow largou na frente, mas não conseguiu manter a vantagem contra Fuksa e terminou em quarto.

O romeno Catalin Chirila ficou com a prata, 1s27 atrás do vencedor da disputa. Chirila havia sido bronze nos 500m. Neste domingo, o bronze ficou com o húngaro Balazs Adolf, após uma ultrapassagem sobre Glazunow nos momentos finais.

Nas semifinais do C1-1000m, no sábado, Isaquias havia brilhado nas terras checas e conquistou a primeira colocação em sua etapa, com um tempo de 3min53s19, 64 milésimos à frente do húngaro Balazs Adolf

A próxima competição de Isaquias agora será o Mundial de Canoagem, que acontecerá em agosto no Canadá. O brasileiro de Ubaitaba, na Bahia, já coleciona seis ouros e outros seis bronzes na disputa.

Tudo o que sabemos sobre:
canoagemIsaquias Queiroz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.