Steffen Schmidt/AP
Steffen Schmidt/AP

Isinbaeva diz que 'grande erro foi excesso de confiança'

Atleta russa, recordista mundial do salto com vara, ficou em último lugar na final do Mundial, em Berlim

EFE,

27 de agosto de 2009 | 11h31

A russa Yelena Isinbaeva, superada pela polonesa Anna Rogowska como campeã mundial no salto com vara no Mundial de atletismo em Berlim, afirmou que seu "grande erro" na capital alemã foi "o excesso de confiança", que a fez perder a concentração.

Veja também:

linkYelena Isinbaeva erra e perde salto com vara no Mundial

"Minha mente estava em outra parte, porque achava que a vitória era certa. Estava tão confiante que perdi a concentração e, quando errei minha segunda tentativa, comprovei com medo que tinha ido mal e restava apenas uma chance, mas não consegui me concentrar", disse, um dia antes da etapa de Zurique da Golden League.

"Nunca tinha me acontecido isso, mas assim é o esporte. Agora, quero recuperar minhas antigas sensações, mas não quero nem ouvir falar de recorde. Quero me concentrar na vitória", afirmou.

A atleta reconheceu que seu treinador, Vitaly Petrov, "estava em estado de choque quando errei, porque o trabalho estava feito e, no entanto, nada disso se concretizou na pista".

Isinbaeva concedeu ao jamaicano Usain Bolt o status de número um mundial, "três vezes acima de seus adversários" e lhe desejou sorte. "Espero que continue assim, porque não é fácil responder permanentemente às expectativas das pessoas, e inclusive dos Governos", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.