Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Isinbayeva abre o Mundial Indoor de Atletismo

A elite do atletismo estará reunida, desta sexta até domingo, no 11º Mundial Indoor de Moscou (RUS), no Complexo Olímpico de Esportes, com 15 mil lugares. O triplista Jadel Gregório, destaque do grupo de 14 atletas do Brasil, salta no sábado (em Budapeste/2002, ganhou uma medalha de prata). Nesta sexta serão nove os brasileiros no programa de provas. O destaque da competição é a russa Yelena Isinbayeva saltando em casa. A atleta reúne mais de US$ 300 mil em bônus por 19 recordes mundiais (somados indoor e ao ar livre) batidos no salto com vara, o último deles há um mês, em Donestk (UCR), com um salto de 4,91 m (indoor). Ao ar livre, a sua melhor marca é de 5,01 m.Nesta sexta, Isinbayeva disputará a qualificação do salto com vara, prova que terá a brasileira Fabiana Murer. ?É uma honra e responsabilidade competir em casa?, disse a atleta russa, campeã mundial e olímpica. Saltou num Mundial em Moscou em 1998 quando foi campeã juvenil. ?Quero ser lembrada não apenas como campeã mundial e olímpica, mas como uma pessoa que quebrou mais recordes do que outras.? O Brasil, que tem oito medalhas em dez edições do Mundial, desde 1985, estréia nesta sexta com Keila Costa, na qualificação do salto triplo. Eka é a primeira mulher brasileira a ganhar medalha num Mundial, o Juvenil da Jamaica (2002), de bronze, no salto triplo. Ainda competem pelo Brasil no Mundial: Lucimar Moura, Vicente Lenílson e Raphael Oliveira (60 m), Erivaldo Vieira e Rogério Bispo (salto em distância), Anderson dos Santos (400 m). No sábado, Maíla Machado, Redelen dos Santos e Matheus Inocêncio farão as provas de qualificação dos 60 m com barreiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.