Istambul valoriza presença na final da eleição do COI

Representantes da candidatura turca ficaram resignados e exaltaram o fato de terem sido finalistas

AE, Agência Estado

07 de setembro de 2013 | 20h17

BUENOS AIRES - Em sua quinta tentativa de ser sede da Olimpíada, Istambul chegou mais longe dessa vez, ao disputar a final da eleição para os Jogos de 2020, mas acabou perdendo para Tóquio na votação realizada neste sábado, em Buenos Aires, na Argentina. Apesar da nova derrota, os representantes da candidatura turca ficaram resignados e exaltaram o fato de terem sido finalistas.

Na primeira rodada da votação do Comitê Olímpico Internacional (COI) neste sábado, Istambul precisou fazer um desempate com Madri para ver quem avançava na disputa com Tóquio. E levou a melhor, recebendo 49 votos contra 45. Depois, na eleição final, a cidade turca foi derrotada por 60 a 36, o que representou a vitória japonesa para ser a sede da Olimpíada de 2020.

"Tínhamos potencial para fazer importantes investimentos num programa de sete anos (na preparação para a Olimpíada). Mas a avaliação foi como foi. Não tinha que ser dessa vez. Estar na final foi importante", afirmou o primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, que estava presente na votação em Buenos Aires. "O COI decidiu que ainda não estamos prontos."

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaCOIIstambul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.