MASSIMO PINCA / REUTERS
MASSIMO PINCA / REUTERS

Itália determina que eventos esportivos ocorram sem público até 3 de abril

Escolas e universidades receberam ordens para que estejam fechadas até o dia 15 de março

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de março de 2020 | 19h23

Todos os eventos esportivos na Itália vão ser realizado sem a presença de público por ao menos um mês devido ao surto do coronavírus no país, anunciou o governo italiano nesta quarta-feira. Alguns dos jogo Campeonato Italiano e da Copa da Itália de futebol foram adiados recentemente.

As autoridades emitiram um novo decreto na noite desta quarta-feira, com medidas adotadas para ajudar a conter a propagação do vírus. A Itália é o epicentro do surto de coronavírus na Europa. Mais de cem pessoas morreram e mais de 3.000 foram infectados com o Covid-19.

Todos os eventos esportivos em todo o país devem ocorrer a portas fechadas até 3 de abril. Escolas e universidades receberam ordens para que estejam fechadas até 15 de março.

Os principais jogos internacionais do período incluem o duelo da Liga dos Campeões da Juventus contra o Lyon em Turim. O confronto de volta das oitavas de final está previsto para 17 de março. Inter de Milão e Roma também têm jogos da Liga Europa agendados, contra o Getafe e o Sevilla, respectivamente. A Inter já atuou diante do Ludogrets com o San Siro vazio, na quinta-feira passada, pela competição continental.

O primeiro-ministro Giuseppe Conte postou um vídeo de cinco minutos em sua página no Facebook para tranquilizar as pessoas e dizer que o decreto era uma maneira de garantir "comportamento responsável". Ele afirmou que a proibição de público em eventos esportivos ajudaria "a impedir mais oportunidades de infecção."

O decreto também afeta a participação da seleção italiana de rúgbi no Six Nations, especialmente o jogo contra a Inglaterra, em Roma, em 14 de março. Esse jogo terá de ser disputado com os portões fechados ou realizado em nova data. A partida da Itália contra a Irlanda, que estava programada para 7 de março, já havia sido adiada. No tênis, a Itália está agendada para enfrentar a Coreia do Sul pela Copa Davis, no fim de semana em Cagliari, na Sardenha.

No último domingo, um decreto estendeu a suspensão de todos os eventos esportivos nas regiões da Lombardia, Veneto e Emilia-Romagna até 8 de março. A Lombardia é o epicentro do surto na Itália.

Novo calendário do futebol

A liga italiana também anunciou a remarcação de jogos haviam sido adiados do campeonato nacional. Pela 25ª rodada, em duelos que seriam realizados em 22 de fevereiro, Atalanta x Sassuolo e Inter x Sampdoria continuam sem data. Já Verona x Cagliari e Torino x Parma vai ser em 11 de março

Na 26ª rodada, que ocorreria no último fim de semana, os seis jogos adiados - Juventus x Inter, Milan x Genoa, Parma x SPAL, Sampdoria x Verona, Sassuolo x Brescia e Udinese x Fiorentina - serão em 13 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.