Itália e Austrália fazem acordo de cooperação olímpica

Contrato permite uso de centros de treinamento, além de intercâmbio de ações e troca de ideias

AE-AP, Agência Estado

22 de outubro de 2010 | 08h45

Os comitês olímpicos da Itália e da Austrália assinaram um acordo para compartilhar o uso de centros de treinamento, além de intercâmbio de ações e troca de ideias. O contrato tem duração prevista para até o final de 2016, mas com uma opção de renovação por quatro anos.

Giovanni Ptrucci, presidente do Comitê Olímpico Italiano, e John Coates, presidente do Comitê Olímpico Australiano, assinaram o acordo em Acapulco, no México, onde ocorre um encontro das associações olímpicas. O contrato é semelhante ao firmado entre os comitês olímpicos de Brasil e Estados Unidos na quinta-feira.

O acordo de cooperação olímpica com a Austrália pode funcionar como impulso ao desejo da cidade de Roma, na Itália, de receber os Jogos de 2020.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaItáliaAustráliaacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.