Ricardo Ordonez/Reuters
Ricardo Ordonez/Reuters

Itália e Espanha se garantem na Eurocopa

Com vitórias sobre Eslovênia e Liechtenstein, potências confirmam a classificação; Inglaterra e Holanda ficam perto

, O Estado de S.Paulo

07 de setembro de 2011 | 00h00

NYON, Suíça

Itália e Espanha garantiram ontem a participação na Eurocopa do próximo ano, que será disputada na Polônia e Ucrânia. As duas seleções venceram seus confrontos pelas eliminatórias do torneio e confirmaram a vaga por antecipação. Elas se juntam à Alemanha, primeira seleção a se classificar, e aos dois países-sede, que têm presença garantida.

Jogando em Florença, a Itália teve muitas dificuldades diante da Eslovênia, que queria manter viva suas chances de classificação. A vitória magra por 1 a 0 veio graças ao reserva Giampaolo Pazzini. O atacante entrou no lugar de Cassano e fez o gol aos 39 minutos da etapa final.

A Azzurra tinha desperdiçado muitas oportunidades até Claudio Marchisio encontrar Pazzini dentro da área. Ele teve calma para tirar do goleiro Jasmin Handanovic e abrir o placar. "Foi um grande gol. Eu gosto de todos, mas este foi muito importante porque garantiu a nossa classificação", disse o artilheiro.

Goleada espanhola. A Espanha também confirmou seu favoritismo ao golear a fraca seleção de Liechtenstein por 6 a 0. Álvaro Negredo (2), David Villa (2), Xavi Hernández e Sergio Ramos marcaram os gols. O brasileiro Thiago Alcântara, que tem dupla nacionalidade e é filho do ex-jogador Mazinho, entrou no segundo tempo da partida e agora não poderá mais atuar pelo Brasil.

Já as seleções de Inglaterra e Holanda venceram suas partidas pelas Eliminatórias da Eurocopa e deram passo importante rumo à classificação. Elas lideram seus grupos com certa folga e precisam de apenas um empate na próxima rodada para confirmar a vaga.

E, no Grupo D, a França apenas empatou fora de casa com a Romênia por 0 a 0 e lidera a chave, mas viu a Bósnia, que venceu a Bielo-Rússia por 1 a 0, se aproximar perigosamente. De qualquer forma, a classificação deve ser definida apenas na última rodada, quando a França vai receber a Bósnia.

Eliminatórias de 2014. O técnico brasileiro Zico conquistou ontem sua primeira vitória no comando do Iraque. Fora de casa, a equipe bateu Cingapura por 2 a 0 em um grupo que tem a Jordânia como líder - venceu a China em casa, ontem, por 2 a 1, e manteve 100% de aproveitamento.

A Austrália também faz ótima campanha e tem duas vitórias - fez 3 a 1 ontem na Arábia Saudita, fora de casa. O Japão, por sua vez, empatou por 1 a 1 com o Uzbequistão, fora.

Nas Eliminatórias da América do Norte, Central e Caribe, o destaque foi a seleção de Antigua e Barbuda, que aplicou 8 a 1 nas Ilhas Virgens Americanas, no campo do adversário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.