Miguel Medina / AFP
Miguel Medina / AFP

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Itália, Holanda, Chile e EUA podem disputar torneio alternativo à Copa em 2018

Proposta parte da confederação americana de futebol

Estadão Conteúdo

16 Novembro 2017 | 11h29

Itália e Holanda, duas das seleções mais tradicionais do mundo, não disputarão a Copa do Mundo em 2018. Estados Unidos, Chile e Gana, que vinham marcando presença nas últimas edições do torneio, também não. Para poder evitar um prejuízo comercial com a ausência, surgiu a proposta de um torneio entre estas equipes.

+ Após ficar fora da Copa de 2018, Itália demite o técnico Gian Piero Ventura

+ Imprensa italiana classifica eliminação da seleção antes da Copa como "tragédia mundial"

Os jornalistas americanos Steven Goff, do Washington Post, e Jeff Carlisle, do canal de televisão ESPN, publicaram em suas redes que a ideia partiu da federação americana, a US Soccer, ao lado do seu braço comercial, a Soccer United Marketing, e que inicialmente ocorreria apenas uma série de amistosos, mas que poderia se tornar uma competição entre as eliminadas.

Com uma data FIFA marcada para o final de maio de 2018, a maior parte dos times nacionais deve realizar amistosos, independentemente de terem se classificado para a Copa ou não. Desta maneira, os estadunidenses pensam em levar quem também já está eliminado para o seu país neste período. A proposta foi bem recebida na Itália, onde prefeitos já se dispuseram a sediar alguns dos jogos nas cidades em que governam, segundo a Agência ANSA.

Embora não tenham sido mencionadas pelos jornalistas americanos, outras seleções com craques internacionais, como País de Gales (que conta com Gareth Bale e Aaron Ramsey) e Costa do Marfim (que tem Gervinho e Bailly), também estão fora da Copa da Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.