Graham Watson/AP
Graham Watson/AP

Itália suspende campeão mundial de ciclismo por doping

Alessandro Ballan foi banido do ciclismo até 16 de janeiro de 2016

Agência Estado

17 de janeiro de 2014 | 10h49

ROMA - Campeão da prova de estrada do Mundial de Ciclismo de 2008, em Varese, o italiano Alessandro Ballan foi banido por dois anos da modalidade, nesta sexta-feira, por uso de doping sanguíneo. O Comitê Olímpico Italiano anunciou a decisão depois de o ciclista ser acusado por um tribunal de Mantova desta prática ilegal ao lado de integrantes da equipe Lampre, pela qual ele correu no passado.

O tribunal do Comitê Olímpico Italiano alegou que Ballan recorreu ao uso de doping sanguíneo em Montichiari, em 2009, sendo que o ciclista disse na última quinta-feira que usou substâncias proibidas para poder tratar de uma doença.

Ballan foi banido do ciclismo até 16 de janeiro de 2016 e a suspensão poderá até encerrar a carreira do atleta de 34 anos de idade. Punido, ele também foi vencedor do Tour de Flandres de 2007. Realizada na Bélgica, essa prova é uma das mais tradicionais da Europa na modalidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.