Kelly Cestari / WSL
Kelly Cestari / WSL

Italo Ferreira celebra conquista em Bells Beach sobre um dos seus ídolos no surfe

Brasileiro superou Mick Fanning na última etapa antes da aposentadoria de lenda do esporte

Estadão Conteúdo

05 de abril de 2018 | 11h00

O primeiro título de Italo Ferreira em uma etapa do Circuito Mundial de Surfe foi muito especial. Vencedor da disputa em Bells Beach, o brasileiro superou o australiano Mick Fanning, que escolheu esse evento para dar adeus às competições e é um dos seus ídolos no esporte, como revelou o próprio potiguar. "Eu nem consigo acreditar ainda nisso tudo. É incrível, a minha primeira vitória, o Mick Fanning é meu ídolo, nossa, estou muito feliz", disse.

+ Blog Tubos e Aéreos: Ítalo Ferreira toca o sino em Bell’s Beach

Após o seu maior feito no surfe, Italo relembrou os diferentes momentos vividos nos últimos anos, como a sua participação na final da etapa portuguesa em 2015, vencida por Filipe Toledo, e os problemas que encarou em 2017, quando ficou de fora de três eventos por causa de três lesões e quase acabou ficando de fora da elite ao término da última temporada.

"Eu tenho trabalhado duro nos últimos anos. Lembro da minha primeira final com o Filipe (Toledo) em Portugal (em 2015), estava tão perto da vitória, mas agora consegui. O ano passado foi difícil pra mim, por causa da minha lesão depois da Gold Coast, que me deixou de fora por dois meses. Foi terrível e trabalhei muito forte para me recuperar, então agora é o melhor sentimento, muita felicidade pela vitória neste lugar incrível que é Bells Beach e contra um cara iluminado na final, um herói", disse.

Na sua vitoriosa campanha, Italo também passou por Gabriel Medina nas semifinais em Bells Beach, antes de fazer o duelo decisivo com Fanning, a quem elogiou por todos os feitos alcançados no surfe.

"Eu sou uma pessoa muito feliz por ser este o meu trabalho e eu só tentei fazer o meu melhor nas ondas que surfei em cada uma das baterias. Eu sabia que tinha que continuar assim na final e o Mick (Fanning) é um dos meus surfistas favoritos, o melhor concorrente e só tenho que agradecer a ele por tudo que já fez para o nosso esporte", comentou.

O cenário que se desenhava em Bells Beach parecia o perfeito para Fanning deixar as competições. Afinal, ele estava participando da sua sétima final no evento, em busca do quinto título. Mas ele preferiu celebrar o momento de despedida e assegurou ter ficado feliz pela conquista de Italo.

"Foi um momento muito especial poder estar na final com toda essa torcida e melhores amigos aqui, mas estou feliz em ver o quanto essa vitória significou para o Italo (Ferreira), foi uma das melhores coisas que eu já vi em Bells", disse Fanning. "Foi muito divertido surfar com todos que competi nesse evento, o Seabass (Sebastian Zietz), o Paddy Gudang (Patrick Gudauskas), o Wilko (Matt Wilkinson), o Owen (Wright). Foi realmente especial porque me sentia surfando com um amigo e foi incrível ver e sentir todo o apoio dos fãs. Obrigado a todos que tornaram isso tão memorável, foi uma carreira incrível e agradeço a todos".

Com a vitória em Bells Beach, Italo divide a liderança do ranking com o australiano Julian Wilson. A próxima etapa do Circuito Mundial será em Margaret River, entre 11 e 22 de abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.