Divulgação
Divulgação

Jadel Gregório tenta a sorte nos esportes de gelo

Triplista de 32 anos, que já foi a duas Olimpíadas de Verão, participa do teste para a formação de equipes de bobsled para os Jogos de Inverno de 2014

O Estado de S. Paulo

13 de janeiro de 2013 | 18h13

SÃO CAETANO DO SUL - Longe dos bons resultados nas pistas de atletismo, Jadel Gregório, de 32 anos, resolveu tentar a sorte, na manhã deste domingo, em uma seletiva para a formação da equipe brasileira que tentará disputar os Jogos de Inverno de 2014, em Sochi (Rússia).

 

O triplista, que já participou dos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e Pequim-2008, admitiu não ter qualquer conhecimento sobre as modalidades de inverno. Mas foi a possibilidade de disputar mais uma Olimpíada que atraiu o atleta, que não conseguiu vaga para Londres-2012.

 

"Vim por acaso. Estava treinando no Centro Olímpico e ouvi falar sobre o teste. Vim para ver o que pode acontecer. Nunca vi esportes de inverno, mas Olimpíada é sempre uma emoção única. Se passar no teste, acredito que posso ajudar o Brasil em outra seleção, em outra modalidade."

 

Ciente da falta de conhecimento no assunto, Jadel se apresentou à seletiva que foi realizada no Centro de Treinamento da BM&F Bovespa, em São Caetano do Sul. Na hora, decidiu buscar uma vaga no bobsled - na modalidade, dois ou quatro atletas descem por uma pista sinuosa dentro de um trenó. "Para mim, está sendo tudo novidade."

 

A Confederação Brasileira de Desportos no Gelo, que está sob intervenção, pretende selecionar 12 atletas, para as equipes de bobsled masculino e feminino, além do skeleton masculino e feminino. Os resultados serão divulgados na sexta-feira.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.