Jadel Gregório vence, mas não obtém vaga em Londres

Jadel Gregório fracassou neste domingo na tentativa de se classificar para os Jogos Olímpicos de Londres, mesmo tendo vencido a disputa do salto triplo no Troféu Brasil de Atletismo, realizado em São Paulo. No seu melhor salto, ele atingiu a marca de 16,99 metros.

AE, Agência Estado

01 de julho de 2012 | 14h49

O resultado lhe garantiu a medalha de ouro, mas foi insuficiente para lhe dar a vaga em Londres, já que o índice olímpico é de 17,20 metros. Mesmo assim, Jadel aprovou seu desempenho. "Estou feliz com a marca, porque esta é minha quinta competição, desde que voltei a competir, depois de me recuperar de lesões. Voltei a saltar bem", afirmou.

Também neste domingo, Bruno Lins venceu a prova dos 200 metros com o tempo de 20s37, abaixo do índice olímpico, que era de 20s51. Confiante, ele espera disputar uma final na Olimpíada de Londres. "Quero ser finalista na Olimpíada, assim como fui no Mundial de Daegu, no ano passado", comentou.

Já Aldemir Gomes garantiu a classificação para a Olimpíada ao terminar a prova com o tempo de 20s38, também abaixo do índice, e superar a disputa com Sandro Viana pela vaga em Londres. "Estou feliz por assegurar minha participação na equipe brasileira. É um sonho", disse.

Jailma de Lima venceu a disputa dos 400 metros com barreiras em 56s16, alcançou o índice B da prova e vai disputar a Olimpíada. "Estou muito feliz", disse Jailma. "Quero agradecer à equipe BM&FBOVESPA, ao meu treinador, José Antônio Rabaça, a todas as pessoas da equipe, que às vezes acreditam mais em mim do que eu mesma", comentou.

A versão feminina dos 200 metros foi vencida por Rosângela Santos, que já havia vencido nos 100 metros e marcou 22s92 neste domingo. O tempo é a melhor do ano no Brasil e um recorde pessoal de Rosângela, que está classificada para Londres nos 100 metros e no revezamento 4x100 metros. "Quero investir nos 100 metros e no revezamento, onde o Brasil tem reais chances de medalha", disse.

Kleberson Davide, medalhista de ouro com 1min46s03, e Fabiano Peçanha, prata com 1min46s26, fizeram os melhores tempos dos 800 metros e garantiram presença na Olimpíada. Eles já tinham alcançado o índice A, que era de 1min45s60. "Essa será a nossa segunda Olimpíada juntos", comemorou Kleberson.

Já classificada para Londres, Geisa Arcanjo venceu a disputa do arremesso de peso, com a marca de 18,08 metros. Matheus Inocêncio foi campeão nos 110 metros com barreiras, com 13s75, mas ficou a 0s28 do índice olímpico. Mahau Suguimati venceu os 400 metros com barreiras com 49s24, seis centésimos acima do índice olímpico.

Eliane Martins ganhou no salto em distância, João Carlos Soares Martins faturou a medalha de ouro no lançamento de dardo, Juliana dos Santos foi campeã nos 1.500 metros. Karla Rosa da Silva venceu a disputa do salto com vara e Rafael Santos Novaes garantiu o ouro nos 5 mil metros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.