Jadel: novo técnico e meta de ficar entre os 3 melhores

O início de temporada de Jadel Gregório não foi dos mais agradáveis. Ontem, no Festival de Velocidade, Saltos, Meio-Fundo e Fundo, o saltador não conseguiu competir. "Senti uma câimbra na hora de saltar e, como ainda estou em fase de treinos, resolvi não arriscar. É sempre assim. Sempre tenho umas dorzinhas no início da temporada", conta.

Valéria Zukeran, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2011 | 00h00

Jadel está de novo técnico, o consultor de preparação física e fisiologia do Corinthians Antônio Carlos Gomes. Desde dezembro, o profissional trabalha para recuperar seu comandado, afastado das principais competições há cerca de um ano e meio, por causa de seguidas contusões, e colocá-lo em condições de disputar os Jogos de Londres. "Minha meta é voltar a competir em alto nível. Se possível ficar entre os três melhores do ranking".

"Dividimos a preparação em blocos. Temos 17 meses até a Olimpíada", conta o treinador. Antônio Carlos explica que vai trabalhar primeiro a força física de Jadel, depois a técnica. Se tudo der certo, os ajustes finais serão feitos em Londres, seis meses antes da Olimpíada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.