Jadson diz que São Paulo precisa reconquistar a torcida

Depois de um início cercado de desconfiança por parte da torcida, aos poucos o meia Jadson vem se firmando como uma das referências ofensivas do São Paulo. Neste domingo, o camisa 10 anotou o quarto gol da equipe na vitória sobre o Flamengo, no Morumbi, e chegou a cinco gols no Campeonato Brasileiro, marca que só ele tem entre os meias que disputam a competição.

AE, Agência Estado

30 de julho de 2012 | 13h13

"Tenho trabalhado para isso, dar gols e assistências. Mas, independentemente de quem faça os gols, eu quero ver a equipe ganhar sempre, isso é o mais importante. Se eu conseguir ajudar com gols e passes, também sairei de campo feliz e satisfeito com meu rendimento", disse Jadson ao site oficial do São Paulo.

Diante do Flamengo, Jadson não só fechou o placar como também bateu o escanteio que resultou no segundo gol são-paulino. Essa foi a sua 13ª assistência na temporada, que faz dele o líder nesse quesito no elenco.

"Nosso time não vinha de um resultado positivo e queríamos mostrar que temos qualidade e valor. É só querer que vamos conseguir nossos objetivos. Temos de ganhar a confiança da torcida e isso acontecerá aos poucos, com mais vitórias como essa", disse o meia.

A vitória sobre os cariocas levou o São Paulo ao sétimo lugar na classificação, com 22 pontos, dez a menos que o líder Atlético-MG. A equipe volta a campo pelo Brasileiro no próximo domingo, contra o Sport, novamente no Morumbi. Antes, o time estreia na Copa Sul-Americana contra o Bahia, quarta-feira, em Salvador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloJadson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.